O Orii Sushi Contemporâneo abriu as portas há seis meses na Henrique Dumont, 65C, bem ali onde o Leblon toca a pele de Ipanema, no lugar do antigo “Ipanema Sushi”. A ideia dos proprietários foi começar no estilo "soft opening", dando continuidade ao serviço do restaurante anterior, mas também, com a intenção de ser o melhor ponto de encontro de amigos e clientes, interessados em um clima intimista e descontraído, na varanda mais bacana de Ipanema.
 
Nesses primeiros meses do Orii Sushi, os donos se concentraram em conhecer os frequentadores antigos, afinar a equipe – que continuou na casa –, estimular a criatividade do sushiman para incrementar o novo cardápio, estabelecer novas parcerias com fornecedores e produtores locais e, mais que tudo, receber os clientes, cativos e novos, como quem recebe amigos na própria casa.

 

Agora, durante o mês de junho, estão implementando várias inovações e promovendo eventos especiais, para oficializar a inauguração do Orii. A equipe cresceu e o restaurante passou a abrir para almoço, oferecendo diversas opções de entrada, combinados e pratos quentes (inclusive opções veganas), a preços que vão de R$ 13,90 a R$ 39,90, sempre de 11h30 às 15h.

 

“Quem vem aqui tem um atendimento diferenciado. Pode vir comer um combinado clássico, se deixar surpreender com o ‘Combinado do chef’, tomar uma cerveja, um saquê, um bom vinho ou “beliscar” algo com amigos. Também fazemos entrega em domicílio, estamos no iFood e oferecemos um serviço personalizado, para quem quer nossa comida em um evento privado ou comercial. Nosso serviço é de excelência e queremos ser referência no cenário gastronômico do Rio”, explica Ricardo de Mendonça, um dos proprietários.
 
A partir das 18h, o local abre novamente, para o carioca que aprecia a culinária japonesa, mas, acima de tudo, os prazeres da boa mesa, o bom papo, a boa bebida. O Orii Sushi Contemporâneo não quer ser um japonês qualquer. “Nosso desejo é ser um lugar diferente, quase uma casa para os amigos no coração de Ipanema, sempre aberta para receber bem quem gosta de comer, beber e trocar, ou quem prefere levar esse clima especial para sua própria casa ou empresa”, resume Juliana Martins, sócia do Orii.